INSCREVA-SE!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!!

sexta-feira, 20 de agosto de 2010

Estrutura das palavras - Morfologia

Oi, pessoal!

Inicialmente peço desculpas pela ausência nos últimos meses, e agradeço a todos os seguidores que enviaram e-mails carinhosos, sugestões de matérias, bem como dou boas-vindas aos novos seguidores, que hoje já totalizam 61!
Agradeço também aos outros seguidores, sim, àqueles internautas anônimos que utilizam o blog como de ferramenta de estudo, fazendo buscas no Google como: “Reforma Ortográfica – blog Crase sem Crise” (Tocantins), ou "blog de Mônica que fala de uma resenha do filme escritores da liberdade" (Natal). Confesso que achei essa última muito fofa! Fico muito feliz em saber que em mais de 200 diferentes cidades do Brasil o blog está sendo referência para agregar conhecimento.


Se levarmos em consideração o fato de que a Língua Portuguesa, assim como todas as outras línguas são constantemente mutáveis, sabemos que estamos em constante e eterna aprendizagem. Hoje, nossa matéria abordará a Estrutura das Palavras, dentro do estudo da Morfologia. Não se assustem, pois, como sempre ocorre na Gramática, as nomenclaturas são complexas, porém, é um estudo de fácil entendimento. Então, chega de ladainha! Vamos às regras?


Morfologia

Estrutura das palavras



Cada palavra apresenta em sua estrutura diferentes elementos, que chamados morfemas ou elementos mórficos. Estes elementos são indivisíveis, e são classificados como: radical, afixo, desinência, vogal temática, vogal e consoante de ligação.

Vejamos um por um desses elementos.

Radical: É o elemento básico da palavra. Não apresenta variação, apenas seu significado.

Flor-es            flor-icultura    flor-ecer

As palavras que têm o mesmo radical da mesma família são chamadas palavras cognatas.

Há palavras que apresentam somente o radical. Exemplo:

Sol       voz      gol       sabor

Afixo: Elemento que, ao juntar-se com o radical, forma outra palavra. Temos dois tipos de afixos: o prefixo, que é colocado antes do radical e sufixo que é colocado depois do radical.

des-povoado (des-  prefixo)
flor-ista          (-ista – sufixo)
re-avalia-ção (re- prefixo, -ção – sufixo)

Desinência: Indica flexões dos nomes e dos verbos. Sempre aparece no final das palavras variáveis, ou seja, que variam na forma (verbos, substantivos, etc.)
Podem ser desinências nominais ou desinências verbais.

Desinências nominais: Caracterizam as variações de substantivos, adjetivos e certos pronomes quanto ao gênero (masculino e feminino) e número (singular e plural). Vejamos:

filh-a-s  : filh- – radical, -a – desinência de gênero (feminino), -s – desinência de número (plural)

Desinências verbais: Indicam as variações dos verbos, que são de:

Pessoa: (primeira, segunda e terceira)
Número: (singular e plural)
Tempo: (presente, passado e futuro)
Modo: (indicativo, subjuntivo e imperativo)

Pens-a-re-mos

Pens: radical
-re: desinência verbal de modo-temporal (indicando futuro do presente do indicativo)
-mos: desinência verbal de número-pessoal (indicando 1ª pessoa do plural)


Vogal temática: Tem a função de ligar o radical às desinências, além de formar algumas classes de palavras. Pode ser verbal ou nominal

verbal

Brinc-a-m (vogal temática da 1ª pessoa)
Dev-e-ria (vogal temática da 2ª pessoa)
Fug-i-sse (vogal temática da 3ª pessoa)

nominal:

Livr-o (-o vogal temática nominal)
Pianist-a-s (-a- vogal temática nominal)


A união do radical com a vogal temática é chamada de tema.

Cont-a-s – conta é o tema.


Vogal e consoante de ligação:

São elementos que unem determinados radicais a certos sufixos, para possibilitar ou facilitar a leitura de determinada palavra.

Flor-i-cultura (vogal de ligação)

Pau-l-ada (consoante de ligação)






Por hoje é só, turma!



Sem crises para classificar morfologicamente os elementos das palavras!



Fonte: Gramática em textos - Leila Lauar Saramento - Ed. Moderna

12 comentários:

  1. Já estava com saudades! Que bom que voltou! Ótima postagem, como sempre. Beijos!

    ResponderExcluir
  2. Olá, Maria Lúcia!!

    Que bom que gostou! Sua opinião é muito importante!

    Obrigada pela visita de sempre.

    Beijão!

    ResponderExcluir
  3. Sem crise. Mas só porque voltou.

    Beijão.

    ResponderExcluir
  4. Oi André!!..rs

    Estou voltando a todo vapor!!!..rs

    Bjo!

    ResponderExcluir
  5. Olá Mônica meus parabéns pelo blog, muito agradável a minha perspectiva. Simplesmente fantástico o modo de ensinar, continue assim e o mundo te agradecera cada vez mais.
    Fique com Deus.
    Estarei por aqui rsrs.

    ResponderExcluir
  6. Olá, Poeta!

    Que bom que gostou! Agradeço muito sua visita e seu comentário! Seja sempre muito bem-vindo!

    Abraço!

    Mônica

    ResponderExcluir
  7. foi o maximo!? Descubrir esse lugar, para tirar duvidas. Estou muito feliz, pois minha filha me deixa louco com tantas perguntas,que algumasa vezes não consigo esponder. Que Deus te abençoe!?

    ResponderExcluir
  8. Olá, André!

    Espero atender às suas expectativas sempre!

    Muito obrigada pela presença e pelo comentário!

    Abraço,


    Mônica

    ResponderExcluir
  9. Olá, Herison!

    Muito obrigada!

    Abraço,

    Mônica

    ResponderExcluir
  10. Oi André ,gostei mutio das explicações.
    Obtive informaçoes a respeito do blog através de um curso de especialização da Unicamp. Muito legal!
    Abraços, Gilselaine
    Valparaiso -SP

    ResponderExcluir
  11. Olá!

    Agradeço e estou muito feliz em saber que o blog foi usado como referência na Unicamp!

    Abraço,

    Mônica Lima Falsarella

    ResponderExcluir

Faça uma blogueira feliz: Comente!